Twitter: marcas podem solicitar localização dos consumidores

O Twitter lançou um recurso que permite que empresas utilizem o ambiente privado das Mensagens Diretas (DM) para solicitar a localização de consumidores. Com a nova funcionalidade, as marcas podem, por exemplo, oferecer produtos e serviços em lugares próximos de onde o cliente está.

O compartilhamento de localização foi desenvolvido depois de pesquisas internas do Twitter mostrarem que as experiências personalizadas têm um impacto maior sobre os consumidores, que ficam mais propensos a recomendar marcas e se sentem mais satisfeitos. O novo recurso se soma às já existentes respostas automáticas e de boas-vindas via Mensagens Diretas, que podem ser integradas ao atendimento humano para facilitar a comunicação entre marcas e clientes.


Para utilizar a nova funcionalidade, as empresas precisam pedir ao consumidor que compartilhe sua localização. Ele pode pode ignorar o pedido, se desejar, compartilhar um local preciso ou escolher um nome de local de uma lista – independentemente de estar lá fisicamente ou não.

Marcas como a TGI Fridays (@TGIFridays), que permite ao consumidor encontrar uma loja para fazer um pedido ou uma reserva por meio de Mensagens Diretas, e a Wingstop (@wingstop), que oferece recurso similar, estão entre as primeiras a utilizar o compartilhamento de localização.

As novas APIs para o uso do recurso de solicitar e compartilhar locais por Mensagens Diretas estão disponíveis atualmente em versão beta.

Share this post

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta