Listras das zebras não são para camuflagem

Os cientistas têm minimizado a ideia de que uma zebra confia em suas listras para ajudar a se esconder dos predadores.

Com suas distintivas listras preto e branco, a zebra é um dos animais mais reconhecíveis no mundo, mas a finalidade exata de sua pelagem monocromática se mantém em debate há anos.


Uma das teorias mais comuns é que ela ajuda os animais a ficarem mais camuflados de leões e outros predadores nas savanas africanas, mas agora os cientistas do Canadá encontraram provas que sugerem que ter listras não ajudam os animais a ficarem escondidos.

A chave para a sua descoberta foi a constatação de que, enquanto as listras pode fazer zebras mais difíceis para os seres humanos verem em determinados ambientes, nem todos os animais podem ver da mesma forma.

Experimentos usando um conjunto de listras falsas, criadas para simular como um predador poderia vê-las, concluiu que eles tinham um impacto pequeno sobre a capacidade de uma zebra de ficar escondida.

Em vez disso, os pesquisadores argumentam, as listras são mais prováveis como um mecanismo de defesa para dissuadir certos tipos de mosca-de-cavalo de morder.

Mosca-de-cavalo possui esse nome pois frequentemente pousa nos bordos das feridas dos cavalos para sugar o sangue.

Share this post

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta