Internet para robôs poderia criar a Skynet da vida real

Uma ‘internet para robôs’ foi desenvolvida para fornecer uma fonte de conhecimento global as máquinas.

O conceito é baseado na criação de um recurso conveniente e de fácil acesso para que os robôs possam interagir, assim como a internet convencional faz para usuários humanos.


Caso um robô doméstico seja programado para lavar pratos e não sabia como fazê-lo, ele poderia simplesmente acessar as instruções através da rede global e baixar o processo e, em seguida, executá-lo.

Com o projeto “Cérebro Robô”, as máquinas poderiam aprender grande parte de sua informação a partir da internet tradicional ao processar mais de 1 bilhão de imagens, 120 mil vídeos do YouTube e mais de 100 milhões de documentos, como livros e manuais de instruções.

Todas as informações coletadas pelo sistema então seriam armazenadas no robô para que seus dispositivos possam acessar e entender os dados.

Embora o conceito tenha sido elogiado por especialistas em robótica, alguns críticos têm argumentado que nós deveríamos controlar a maneira como as máquinas se comportam.

A capacidade para passar comandos para outros robôs através de uma complexa rede de comunicações é certamente uma peça de um sistema senciente, como criada pela “Skynet” na franquia de filmes Terminator.

Share this post

Renê Fraga

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta